Carajás Esporte

verde

Pra cima

No 1º torneio do ano, brasileiros buscam medalhas na Argentina

A adrenalina das disputas, a briga por medalhas, a emoção das vitórias. Neste fim de semana, 2022 começa para valer para as duplas brasileiras de vôlei de praia. A partir de sexta-feira, 7, e até domingo, 9, acontece a segunda etapa da temporada 2021/2022 do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, em San Juan, Argentina. O Brasil tem quatro duplas na disputa. No feminino, Val/Verena e Josi Alves/Carol Goerl. No masculino, Pedro Solberg, campeão do Circuito Mundial de 2008, joga ao lado de Arthur Lanci, campeão mundial sub-21 em 2016. A outra parceira reúne Arthur Mariano e Adrielson, campeão mundial sub-21 em 2017.

“Teremos atletas experientes nesta primeira competição de 2022. O Brasil sempre entra com a reponsabilidade de buscar medalhas e desta vez não é diferente. Será um bom início para um ano de importantes mudanças no Circuito Brasileiro, que começa em fevereiro com novidades no sistema de disputa, mais equilíbrio, bônus por performance e mais possibilidades de experiências internacionais”, destacou Guilherme Marques, gerente de vôlei de praia da CBV.

Para Carol Goerl, a competição marca a estreia em competições fora do Brasil. “Sempre quis representar meu país em torneios internacionais. Vamos dar nosso máximo nessa competição, lutando jogo a jogo e buscando o título. Nos preparando bastante para isso”, afirmou.

No Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, as duplas somam pontos para o país. A primeira etapa da temporada 2021/2022 foi disputada no ano passado, em Santiago, no Chile. George/André Stein levaram o ouro e Thâmela/Elize Maia, o bronze.

As próximas etapas acontecem em Montevidéu, no Uruguai, entre os dias 14 e 16 de janeiro; no Chile, de 4 a 6 de fevereiro; em Neuquén, na Argentina, de 11 a 13 de fevereiro; em Mollendo, no Peru, de 4 a 5 de março; e em Cochabamba, na Bolívia, de 11 a 13 de março. O torneio final, que reúne os melhores países da temporada, está marcado para Uberlândia (MG), de 13 a 15 de maio.

 

(ROMANEWS)

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas