Carajás Esporte

verde

lesionado

Lucão se lesiona, e Léo é chamado de volta para seleção

Técnico Renan Dal Zotto traz de volta o central Léo Andrade, de 20 anos, depois de Lucão sofrer uma entorse no tornozelo direito

Na reta final de preparação para o Campeonato Mundial, o técnico Renan Dal Zotto teve problemas para definir o time. No treino realizado nesta quarta-feira (17), o central Lucão sofreu uma entorse no tornozelo direito. Para o lugar, o técnico convocou novamente o central Léo, de apenas 20 anos.

– O Lucão teve uma entorse no tornozelo direito em um lance do treino. Avaliamos a situação na hora, e constatamos um derrame em uma região específica. De volta ao hotel, reavaliamos e o quadro não tinha mudado, o que é bom, pois o trauma não piorou. As primeiras 24 horas e 48 horas são as mais importantes em casos assim, para termos o panorama geral. Amanhã (quinta-feira) faremos uma radiografia para descartar qualquer tipo de fratura, e seguiremos o tratamento, acompanhando a evolução do quadro – disse Matheus dos Santos, fisioterapeuta da seleção masculina em nota oficial da CBV, Confederação Brasileira de Vôlei.

Vale lembrar que na última semana Léo havia sido cortado por Dal Zotto. Na ocasião, a principal justificativa a quantidade e variações de opostos no torneio: Wallace, Darlan e Felipe Roque, diante do limite de 14 atletas. Contudo, com a lesão de Lucão, o central do Sesi-SP foi chamado de volta.

Léo chega nos próximos dias em Montpellier, na França, local onde a seleção brasileira faz amistoso contra os franceses no próximo sábado (20) em preparação ao Campeonato Mundial.

Com o central, a seleção masculina de vôlei contará com 15 atletas, sendo que a lista final – com apenas 14 jogadores, será divulgava na próxima semana.

A seleção chegou à final das últimas cinco edições do Mundial. Em 2002, 2006 e 2010, conquistou o tricampeonato. Em 2014 e 2018, perdeu o título para a a Polônia nas duas ocasiões.

O Brasil está no Grupo B do Mundial, ao lado de Cuba, Japão e CatarA estreia da seleção é contra a equipe cubana, no dia 26 de agosto, às 11h (horário de Brasília). Depois, o time de Renan encara o Japão no dia 28 e fecha a primeira fase contra o Catar, no dia 30.

Fonte: GE

COMPARTILHE

Recomendado para você

CABEÇA FRIA
Abel põe “cabeça fria” à prova para não ficar fora de eventual final da Libertadores com o Palmeiras
PALMEIRAS
Por que Jhon Jhon é a melhor opção para substituir Dudu hoje
Guardiola
Guardiola rasga elogios a Rico Lewis, joia do City: “Um dos melhores que treinei”
ORIENTE MÉDIO
Moisés é liberado pelo Londrina após receber proposta de time do Oriente Médio