Carajás Esporte

verde

Olimpíadas de Inverno

Brasileira busca vaga nas Olimpíadas de Inverno após superar grave problema cardíaco

Bruna Moura, de 27 anos, passou por cirurgia para colocar uma prótese no coração para corrigir uma comunicação interatrial. Ela se afastou do esporte por dois anos e teve depressão

Corria o ano de 2011 quando Bruna Rafaela de Moura foi pega de surpresa com uma péssima notícia. Após sentir fisgadas leves no peito, ela descobriu que sofria de uma cardiopatia grave – comunicação interatrial – que pode ocasionar até a morte. Atleta de ciclismo mountain bike (MTB), Bruna foi obrigada a se afastar do esporte, o que a colocou numa forte depressão. Em 2013, porém, a paulista de Caraguatatuba deu a volta por cima ao ser submetida a uma cirurgia para colocar uma prótese cardíaca.

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas