Carajás Esporte

verde

Remo

Recém-contratado pelo Remo, Jorge Pazetti expõe adaptação a Belém e fala sobre Vinicius: ‘Referência’

O Remo se apresentou para a pré-temporada na última segunda-feira, 3, e está se preparando para o início de mais uma temporada. Nos bastidores, a diretoria azulina continua trabalhando para reforçar o elenco comandado por Paulo Bonamigo. Quem acabou deixando o Baenão foi Thiago Coelho, que fez a ‘travessia’ rumo ao rival Paysandu. Para suprir a ausência de um goleiro reserva, o Leão contratou Jorge Pazetti.

Durante sua coletiva, o novo goleiro azulino expôs como está sendo este período de adaptação a Belém, já que passou pelas categorias de base do Guarani e da Ponte Preta, ambos de São Paulo: “Está sendo muito boa, estou conhecendo meus companheiros, me adaptando ao clima, que é diferente. Nesses dias de trabalho já aprendi muitas coisas com o Juninho. Tenho certeza que eu tenho muito o que evoluir e agregar ao time”, destacou Jorge Pazetti.

Vale lembrar que esta será a primeira experiência do arqueiro, de 20 anos, no profissional, já que disputou o último Campeonato Paulista sub-20 pela Penapolense, que foi finalizado em novembro de 2021. Ou seja, o Remo é o primeiro clube profissional do jogador. A tendência é que Jorge Pazetti assuma o posto deixado por Thiago Coelho, já que o ídolo azulino, Vinicius, é o dono da meta do Leão, mas isso não é visto como algo ruim pelo goleiro.

Jorge Pazetti falou sobre o experiente arqueiro, revelando sua admiração por Vinicius, que deve servir como inspiração para a carreira: “O Vinicius é referência não só aqui no estado, mas também em todo o Brasil. Já ouvi falar muito dele, é um ótimo goleiro. E é uma oportunidade muito boa para aprender com ele, para ter como espelho, para quando tivermos uma oportunidade continuarmos representando o que ele é para o clube e para a torcida”, finalizou o arqueiro.

(ROMANEWS)

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas