Carajás Esporte

verde

será um adeus?

José Aldo não deve ficar no Paysandu: “permanência difícil”

O jogador já tem algumas propostas de times das Séries A e B do Brasileiro

Considerado um dos principais jogadores do Paysandu na temporada, a permanência de José Aldo em Belém ainda é incerta. O jogador tem algumas propostas de outras equipes do futebol nacional, e há grande risco de deixar o Papão.

Entramos em contato com o staff do jogador, o nos foi afirmado que a negociação para permanência do jogador é “difícil”, porém, ainda não está “nada definido”.  Times das Séries A e B querem o meia.

Emprestado na fase final da Série C do ano passado junto ao Guarani de Palhoça-SC, o atleta logo caiu nas graças do torcedor, e sua permanência foi pedida por grande parte da Fiel Bicolor. Para 2022, Aldo conseguiu a permanência e foi um dos destaques desta Série C, por sua habilidade e “sangue frio” em situação de pressão dos adversários.

O jogador já havia sendo sondado por algumas equipes da Série B, inclusive com propostas, como foi o caso da Ponte Preta, ainda no início da Terceirona. O Paysandu, no entanto, cobriu a oferta e o meia permaneceu no elenco. Pelo time, até o momento, são 44 jogos e 6 gols marcados.

 

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas