Carajás Esporte

verde

Ídolo

Ídolo do Santos, gaúcho Dorval morre aos 86 anos

Um dos grandes ídolos da história do Santos, Dorval morreu neste domingo, 26, no litoral de São Paulo. O ex-jogador, que tinha 86 anos, estava internado na Casa de Saúde de Santos. Segundo nota do clube, ele estava com “quadro clínico delicado, com muita tosse”.

O velório será no Salão de Mármore, na Vila Belmiro, em horário a ser divulgado. O Santos decretou sete dias de luto.

Natural de Porto Alegre, Dorval começou a carreira no antigo Força e Luz, clube extinto da Capital. Ele se transferiu para o Santos em 1956 e teve, ao total, quatro passagens pela Vila Belmiro. Entre as conquistas estão as duas Libertadores e dois Mundiais de Clubes em 1962 e 1963.

“Dorval é um dos jogadores inesquecíveis, ajudou a construir essa linda história do Santos. Merece todas as reverências por sua trajetória. O Santos perdeu um de seus maiores ídolos hoje”, lamentou o presidente santista, Andres Rueda.

O gaúcho também defendeu Juventus-SP, Bangu, Athletico-PR, Racing-ARG, Palmeiras, Carabobo-VEN e Saad-SP. O ponta-direita encerrou a carreira em 1972. Ele defendeu a Seleção Brasileira entre 1959 e 1963.

 

(ROMANEWS)

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas