Carajás Esporte

verde

NOVA MARCA

Botafogo fecha com a Reebok para ser a nova fornecedora de material esportivo

Parceria de longa data entre Textor e CEO da marca prevalece no acordo; camisas devem começar a ser vendidas depois do Campeonato Carioca

Botafogo fechou com a Reebok como nova fornecedora de material esportivo. A marca americana deve começar a estampar a camisa alvinegra e fornecer uma nova linha de camisas a partir do Campeonato Brasileiro de 2023.

A informação de que o acordo estava encaminhado foi noticiada inicialmente pelo “Canal do TF”.

Camisa do Botafogo será feita pela Reebok a partir da próxima temporada — Foto: Vitor Silva/BFR

Camisa do Botafogo será feita pela Reebok a partir da próxima temporada — Foto: Vitor Silva/BFR

Para que as partes chegassem a um acordo, prevaleceu o bom relacionamento entre John Textor e Jamie Salter, CEO da Authentic Brands Groups, que é detentora da Reebok. Jamie também é detentor de uma parte das ações da Eagle Football, assim como Textor.

Havia outras marcas no páreo, como a espanhola Joma. O ge revelou no início de setembro que essas eram as marcas que disputavam o pleito e que uma das questões envolvendo a negociação era a disponibilidade de comercialização das camisas ao redor do mundo.

Fim da espera

 

O Botafogo não tem uma fornecedora de material esportivo exposta na camisa desde o fim da temporada passada. Após o contrato com a Kappa ter terminado sem renovação contratual, o clube se acertou com a Volt, mas a chegada de John Textor mudou tudo.

O empresário americano rompeu unilateralmente com as marcas que patrocinavam o clube em fevereiro. Na ocasião, o empresário americano disse que levaria ao Botafogo um parceiro conhecido pela alta qualidade e distribuição em larga escala.

A decisão de Textor mexeu bastante internamente, mas visto que o dinheiro não era mais tanto problema para o clube, a falta de patrocínios não comprometeu o pagamento de salários. Após diversos prazos previstos inicialmente, finalmente o Botafogo chegou a uma definição sobre o tema.

Justamente por estarmos no fim do ano, faltando pouco mais de dois meses para a chegada de 2023, a expectativa é de que os novos uniformes estejam à venda e sejam utilizados pelos jogadores somente depois da disputa do Campeonato Carioca.

Fonte: GE

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas