Carajás Esporte

verde

Tempo

Bahia tem até 31 de dezembro para exercer opção de compra de Índio Ramirez

Tricolor já notificou o Atlético Nacional e ajustou bases da compra

A permanência ou não de Índio Ramirez no Bahia vai ser decidida nos próximos dias. Com o empréstimo do meia com opção de compra, a direção do Tricolor tem até o dia 31 de dezembro para exercer o direito. O clube chegou a notificar o Atlético Nacional e ajustar as bases, mas não houve mais movimentação após a queda para a Série B do Campeonato Brasileiro.

– Bahia notificou o Atlético Nacional dentro do prazo e ajustou as bases da compra faz algumas semanas. Agora aguardaremos até 31/12 quando encerra o prazo da opção e assim saberemos qual será o destino do Ramirez em 2022 – afirmou o empresário do atleta, Luiz Paulo Chignall.

O Atlético Nacional aguarda agora a definição do Bahia sobre o pagamento. Caso não seja efetuado até o dia 31 de dezembro, o clube ficaria livre para negociar o jogador com outras equipes. De acordo com o empresário do atleta, cinco clubes brasileiro já demonstraram interesse no jogador.

Ramirez foi contratado pelo Bahia em novembro do ano passado, com empréstimo até o final desta temporada. O meia logo conquistou a vaga de titular e se tornou peça importante no meio da equipe na reta final do Brasileiro de 2020. No entanto, o jogador sofreu uma lesão no começo de fevereiro e teve que passar por uma artroscopia.

Com a intervenção cirúrgica, o meia ficou afastado dos gramados por nove meses. Ele só voltou a ficar à disposição na reta final da Série A e, ainda assim, longe das melhores condições de jogo.

(GE GLOBO)

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas