Carajás Esporte

verde

Eita

Após briga judicial em 2019, lateral-direito Rony está de volta ao Remo

Defensor deve ser anunciado ainda nesta semana pelo clube

A diretoria do Remo vai anunciar nos próximos dias a contratação do lateral direito Rony, de 21 anos. Cria das categorias de base do clube, Rony despontou em 2019 durante a reta final da temporada, quando o Remo disputava a Copa Verde e era comandado por Eudes Pedro. Segundo apurou a reportagem, o novo vínculo de Rony com o Remo vai ser de um ano.

A saída do Remo, em 2019, foi bastante conturbada. Por conta de salários atrasados, o staff do jogador iniciou uma intensa briga judicial com o clube para ter o direito de desvincular o lateral direito do Remo. Naquele momento, Rony chegou até a “sumir” do Baenão.

Com a situação resolvida, o lateral direito deixou o clube para defender o Sampaio Corrêa em 2020. Por lá, ele atuou em apenas sete jogos e retornou ao futebol paraense neste ano para defender o Castanhal. Pelo Brasileirão da Série D, ele disputou nove jogos e marcou um gol.

Além de Rony, a diretoria do Remo já acertou a contratação do lateral direito Ricardo Luz, que retorna ao clube após um ano.

 

(ROMANEWS)

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas