Carajás Esporte

verde

Grêmio

À procura de lateral-direito, Grêmio planeja utilização de Léo Gomes em 2022

Jogador tem apresentação marcada para dia 10 de janeiro com restante do grupo e está em condições físicas após sequência de cirurgias no joelho direito

A busca por um lateral-direito segue incessante no mercado para o Grêmio. Ao mesmo tempo, porém, o clube gaúcho planeja a utilização de Léo Gomes, que não atua continuamente desde 2019, para o início da próxima temporada.

O lateral foi liberado para férias antecipadas naquele movimento feito pela diretoria na reta final do Brasileirão, no fim de novembro. Mas está dentro dos planos do clube, conforme apurou o ge. Além disso, Léo Gomes está liberado para atividades sem restrições.

O jogador deve se reapresentar no dia 10 de janeiro com o restante dos companheiros. E a ideia é colocá-lo em ação após as cirurgias feitas no joelho direito.

A diretoria gremista prevê uma pré-temporada longa, com 28 dias, para colocar o elenco no nível físico esperado. A intenção é dar ritmo de jogo a Léo Gomes no Gauchão, já que ele não atua com frequência desde 2019, quando sofreu uma lesão no ligamento cruzado posterior do joelho direito.

Enquanto isso, o clube também procura opções no mercado. Negocia em duas frentes: com o São Paulo, por Orejuela; e Michel Macedo, que ficará livre no mercado ao final da temporada após atuar emprestado pelo Corinthians ao Juventude.

O Tricolor teve duas baixas na posição e por isso corre atrás de reforços. O clube optou por não renovar com Rafinha e negociou Vanderson ao Monaco por 11 milhões de euros (R$ 70,8 milhões).

Retorno no time de transição

Leonardo Gomes voltou a jogar em setembro de 2021 pela equipe sub-21 do Grêmio na campanha do título do Brasileirão de Aspirantes. A primeira partida foi a vitória sobre o Ceará, com 65 minutos em campo.

Atuou outras duas vezes em outubro, uma pela mesma competição na vitória sobre o Avaí, e outra em jogo da Copa FGF, torneio estadual do segundo semestre, na vitória sobre o Riopardense.

Depois, manteve a rotina de treinos regular com o restante dos companheiros até a liberação antecipada para férias.

Naquela ocasião, o vice de futebol Denis Abrahão afirmou que não colocaria o lateral para atuar pelo longo período afastado e o caráter decisivo das partidas, diante da iminência do rebaixamento.

(GE GLOBO)

COMPARTILHE

Recomendado para você

CABEÇA FRIA
Abel põe “cabeça fria” à prova para não ficar fora de eventual final da Libertadores com o Palmeiras
PALMEIRAS
Por que Jhon Jhon é a melhor opção para substituir Dudu hoje
Guardiola
Guardiola rasga elogios a Rico Lewis, joia do City: “Um dos melhores que treinei”
ORIENTE MÉDIO
Moisés é liberado pelo Londrina após receber proposta de time do Oriente Médio