Carajás Esporte

verde

Copa do Mundo de 2026

É possível sonhar que Messi jogue a Copa do Mundo de 2026? Os argentinos, claro, sonham

Presidente da AFA, preparador físico, Lionel Scaloni... todos acreditam em Messi no próximo Mundial

“Com as condições que possui, [Lionel Messi] pode tranquilamente jogar na Copa do Mundo de 2026″, afirmou na terça-feira (5) o presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, em relação à possível presença do astro na próxima edição do Mundial, que será realizado no México, Estados Unidos e Canadá.

A declaração foi dada poucas horas antes da estreia da seleção argentina, nesta quinta (7), nas Eliminatórias Sul-Americanas contra o Equador, em Buenos Aires. E acontece em um momento crucial na história do futebol argentino, que tem em Messi sua figura mais proeminente.

Campeão mundial no Catar em 2022, Lionel Messi disputou até hoje cinco Copas do Mundo, está em plena forma física e com um novo ânimo pessoal e futebolístico em sua nova fase no futebol dos Estados Unidos.

“Eu acredito que o Messi pode chegar à próxima Copa do Mundo”, afirmou em janeiro o treinador da seleção argentina, Lionel Scaloni, em uma entrevista à rádio espanhola Radio Calviá FM, quando o frenesi pelo tricampeonato estava em plena efervescência.

Messi tem 36 anos e, se jogar a Copa do Mundo de 2026, será o primeiro jogador a disputar seis Copas.

“É difícil que isso aconteça. Ainda temos as Eliminatórias, a Copa América, é muito cedo para pensar na Copa do Mundo logo após uma”, disse o craque de Rosario, pouco depois de conquistar o troféu que mais almejava.

No meio disso, houve uma reviravolta em sua vida. Ele deixou Paris e se instalou em Miami. Deixou o futebol europeu e, com ele, uma vida de tensões que afetava seu cotidiano.

Os Estados Unidos injetaram uma lufada de energia nele, refletida em sua atitude ao enfrentar os jogos por seu novo clube, o Inter Miami. Gols incríveis, jogadas com sua marca registrada, um título da Leagues Cup, chegar à final da US Open Cup e buscar a vaga nos playoffs da MLS. Tudo isso acontece no campo esportivo, além de um novo status em sua vida pessoal.

O argentino disse que veio aos Estados Unidos para “desfrutar” de sua família e do futebol, e tem conseguido fazer isso.

“Tenho vontade de continuar conquistando resultados como fiz em toda minha carreira esportiva”, declarou Messi assim que chegou à Major League Soccer, animando milhões de fãs para a próxima Copa do Mundo.

Fonte: CNN Brasil

COMPARTILHE

Recomendado para você

CABEÇA FRIA
Abel põe “cabeça fria” à prova para não ficar fora de eventual final da Libertadores com o Palmeiras
PALMEIRAS
Por que Jhon Jhon é a melhor opção para substituir Dudu hoje
Guardiola
Guardiola rasga elogios a Rico Lewis, joia do City: “Um dos melhores que treinei”
ORIENTE MÉDIO
Moisés é liberado pelo Londrina após receber proposta de time do Oriente Médio