Carajás Esporte

verde

você sabia?

Saiba por que a Seleção Brasileira é chamada de Canarinha

Aldyr Schlee decidiu participar do concurso que elegeria a camisa da Seleção em 1954; seu designe foi o escolhido

O Brasil é, mais uma vez, um dos favoritos para vencer o próximo mundial masculino que será disputado no Catar. E é que a história não só apoia este time — cinco campeonatos mundiais conquistados em seu nome—, mas também seu status atual, já que teve os melhores números nas eliminatórias da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), mesmo com um jogo a menos — a pendência contra a Argentina, que não será mais jogada — .

Em breve veremos milhares de brasileiros nas ruas do Catar torcendo pela sua Seleção, e milhões acompanhando a Copa do Mundo de casa para torcer pela canarinha .

Você já se perguntou por que chamam a Seleção Brasileira de Canarinha?

Embora não haja uma história oficial sobre isso, tudo parece remontar aos anos 1950, que incluiu tragédias e glórias futebolísticas para a Seleção Brasileira.

Comecemos pela tragédia. Na Copa do Mundo de 1950, o Brasil era o anfitrião e esperava-se que fosse coroado em casa, mas ocorreu o chamado “Maracanaço”, jogo em que o Uruguai derrotou os brasileiros para se consagrar campeão mundial em território rival.

Na referida Copa, o Brasil não jogou com a tradicional roupa amarela que conhecemos. Naquela época, a seleção brasileira vestia um uniforme “predominantemente branco com detalhes em azul”, conforme explica a matéria “Conversa com Aldyr Schlee (parte 1): futebol local e narrativas de fronteira”, publicada na revista científica FuLiA/UFMG, de Universidade Federal de Minas Gerais.

Em 1953, um ano antes da próxima Copa do Mundo (Suíça 1954), foi lançado um concurso para brasileiros apresentarem sua proposta de design para um novo uniforme, já que o branco com azul “não expressava a vitalidade do país”, acrescenta o artigo, que cita a convocação do referido concurso.

O concurso foi convocado pelo Correio da Manhã, jornal do Rio de Janeiro, e contou com o apoio da Confederação Brasileira de Esportes. A única exigência para o desenho era que fossem utilizadas as quatro cores da bandeira brasileira: amarelo, verde, azul e branco.

Aldyr Schlee — escritor, jornalista, tradutor, professor, acadêmico e designer—, que na época tinha 19 anos, decidiu participar e mais tarde seu desenho ganharia: uma camisa com canário amerelo como cor predominante que o Brasil usaria para a Suíça 1954. Esse uniforme se tornaria a característica da Seleção Brasileira e continua sendo até hoje.

Neymar, do Brasil, comemora seu gol durante partida contra o Peru válida pelas eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife, na noite desta quinta-feira, 9 de setembro de 2021. / ESTADÃO CONTEÚDO

“Desde então, o canarinho de Aldyr Schlee — palavra portuguesa que significa “canário” em espanhol — tornou-se um forte símbolo da identidade brasileira”, acrescenta o texto. Daí a origem da (seleção) canarinha.

Na Suíça 1954, o Brasil não foi campeão, mas aparentemente o uniforme amarelo estava destinado à vitória, pois a glória não tardaria a chegar. Na Copa do Mundo de 1958, na Suécia, a canarinha ganharia sua primeira Copa do Mundo; Curiosamente, os brasileiros venceriam a final daquele campeonato vestindo azul, já que a equipe rival, a anfitriã Suécia, jogou de amarelo por ser local.

Mas o Brasil levantou as outras quatro Copas vestidas de amarelo: no Chile 1962, no México 1970, nos Estados Unidos 1994 e na Coréia-Japão 2002. A ‘canarinha’ é um selo do maior campeão do mundo.

Fonte: CNN

 

COMPARTILHE

Recomendado para você

CABEÇA FRIA
Abel põe “cabeça fria” à prova para não ficar fora de eventual final da Libertadores com o Palmeiras
PALMEIRAS
Por que Jhon Jhon é a melhor opção para substituir Dudu hoje
Guardiola
Guardiola rasga elogios a Rico Lewis, joia do City: “Um dos melhores que treinei”
ORIENTE MÉDIO
Moisés é liberado pelo Londrina após receber proposta de time do Oriente Médio