Carajás Esporte

verde

peso-por-peso

“Vou provar que sou nº1 peso-por-peso”, jura Leon Edwards

Desafiante ao cinturão peso-meio-médio diz que "ainda estava verde" em primeira luta contra Kamaru Usman e comemora chance de obter título e vingança no mesmo confronto

O jamaicano naturalizado britânico Leon Edwards vive uma sequência de nove vitórias consecutivas, mas mesmo assim poucos acreditam que ele possa desbancar Kamaru Usman, campeão dos pesos-meio-médios, no UFC 278 deste sábado em Salt Lake City (EUA). Parte desta desconfiança não é nem relacionada a ele, mas à estatura que Usman alcançou diante do público após 15 vitórias consecutivas no Ultimate e cinco defesas de cinturão bem-sucedidas.

Usman é atualmente o primeiro colocado do ranking peso-por-peso do UFC, e o presidente da companhia, Dana White, já quer incluí-lo no debate dos melhores lutadores de todos os tempos. “Rocky”, contudo, pode jogar um balde de água fria nessa discussão se vencer o “Pesadelo Nigeriano”, e ele pretende fazer não só isso, mas tomar também seu lugar no ranking.

– Eu já o enfrentei, eu sei as técnicas que ele usa, já senti como é lutar contra ele. Isso me torna mais confiante ainda. Todo mundo diz que ele é o número 1 peso-por-peso, mas eu realmente acredito que sou o número 1 e vou provar no sábado que sou o número 1 – exclamou Edwards em entrevista ao Combate nesta semana.

A última derrota de Edwards, em 2015, foi justamente para Usman, na segunda luta do nigeriano no Ultimate. O jamaicano já estava em sua quarta apresentação no octógono e sua 13ª luta profissional, mas afirma que a experiência do adversário em competições de alto nível em outros esportes lhe davam uma vantagem que, atualmente, ele acredita ter encurtado.

– Quando nos enfrentamos pela primeira vez, eu só tinha quatro ou cinco anos na minha carreira no MMA, comecei do nada. O Kamaru já competia no wrestling na faculdade e também fazia outras artes marciais. Eu ainda era novo, ainda estava verde, aprendendo na prática, e agora sou um animal completamente diferente. Estou fazendo meu quarto evento principal no UFC, não perco há 10 lutas em sete anos (a sequência inclui uma luta sem resultado por falta acidental). Me sinto confiante, confortável e mal posso esperar por sábado à noite.

É incrível, vou enfrentar o último cara que me venceu e lutar pelo título. É uma grande história, não estou apenas me tornando campeão mundial, mas também conseguindo minha vingança. Será uma noite fantástica
— Leon Edwards

E o jamaicano entende que, para derrubar o campeão, precisa vencer e convencer. Por isso, promete fazer e acontecer em Salt Lake City.

– Sinto que preciso mandar uma mensagem nesta luta, deixar marcado que sou o melhor na nossa categoria. Não posso deixar ser uma luta parelha, preciso que seja uma vitória clara para mim. Vou entrar lá motivado para ser o número 1 – finalizou Edwards.

COMPARTILHE

Recomendado para você

Rogério Ceni
Com piadas e sorrisos, Ceni traz versão paz e amor para Salvador: “Sorria, você está na Bahia”
VASCO
777 Partners se aproxima de acerto para compra do Everton
BOTAFOGO
Bruno Lage diz que protegeu elenco do Botafogo em coletiva: “Quero a pressão em mim”
copa do brasil
São Paulo tem maior tempo livre para treinos desde o Paulistão