Carajás Esporte

verde

Que fase

Michel Trator recebe quatro anos de suspensão após ser flagrado pela segunda vez em antidoping

O veterano brasileiro Michel “Trator” Prazeres, de 40 anos, recebeu quatro anos de suspensão da Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA). O atleta, que competiu por mais de oitos anos no UFC, testou positivo para clomifeno e seus metabólicos, metabólicos de oxandrolona e administração exógena de testosterona e/ou seus precursores.

De acordo com comunicado oficial da USADA, o lutador foi flagrado através de múltiplos exames realizados fora do período de competição, em 27 de agosto, 16 de setembro, 15 de outubro e 2 de novembro de 2021. Todas substâncias citadas pela agência são proibidas tanto dentro quanto fora do período de competição pela Política Antidoping do UFC e na Lista de Substâncias Proibidas do UFC.

O pesado gancho de quatro anos se deve à reincidência do lutador. Michel Trator já havia sido suspenso por dois anos em março de 2019 após testar positivo para boldenona, outra substância proibida.

Antes mesmo do anúncio da USADA, Michel Trator já havia pedido demissão do UFC. O brasileiro estava na organização desde 2013 e somou 10 vitórias e apenas quatro derrotas no octógono, vencendo inclusive nomes como Desmond Green, Mads Burnell e Gilbert Durinho. A última luta de Michel aconteceu em junho deste ano e marcou justamente o retorno do lutador após a primeira suspensão. Na ocasião, ele foi finalizado por Shavkat Rahkmonov.

A suspensão de Michel Trator é retroativa e tem como início o dia 27 de agosto de 2021, quando foi realizado o primeiro exame com resultado positivo. Com isso, o brasileiro só poderia voltar a lutar em 27 de agosto de 2025, aos 44 anos. De acordo com o site norte-americano “MMA Fighting”, o atleta resolveu se aposentar do esporte.

(ROMANEWS)

COMPARTILHE

Recomendado para você

Rogério Ceni
Com piadas e sorrisos, Ceni traz versão paz e amor para Salvador: “Sorria, você está na Bahia”
VASCO
777 Partners se aproxima de acerto para compra do Everton
BOTAFOGO
Bruno Lage diz que protegeu elenco do Botafogo em coletiva: “Quero a pressão em mim”
copa do brasil
São Paulo tem maior tempo livre para treinos desde o Paulistão