Carajás Esporte

verde

MAIS UM NOCAUTE

Mayweather nocauteia lutador de MMA em exibição no Japão

Americano, invicto no boxe, aplica nocaute no segundo round diante de Mikuru Asakura no Super Rizin, no Japão, e promete voltar para uma terceira participação no evento japonês

Em mais uma luta de exibição de boxe após a aposentadoria, Floyd Mayweather nocauteou o lutador de MMA Mikuru Asakura neste último sábado, em Saitama, no Japão, no Super Rizin. Se numa primeira passagem no evento japonês, em 2018, o americano invicto no boxe (50-0) nocauteou Tenshin Nasukawa no primeiro round, dessa vez Mikuru Asakura sucumbiu “apenas” no segundo round, numa exibição prevista para até três rounds.

– Estou feliz por estar aqui, obrigado novamente. Estou feliz que fomos capazes de dar emoção aos fãs esta noite. Obrigado por me receberem. Voltarei – disse Mayweather depois da luta, ainda em cima do ringue.

Asakura, 30 anos e dono de um cartel com 16 vitórias e três derrotas no MMA, fez o melhor que pôde no primeiro round, quando acertou o americano na posição de canhoto. Com um direto de direita, balançou a cabeça do boxeador invicto. Mayweather também conectou um bom golpe na linha de cintura do japonês.

Floyd Mayweather nocauteou Mikuru Asakura no segundo round no Super Rizin, no Japão — Foto: Rizin FF

Floyd Mayweather nocauteou Mikuru Asakura no segundo round no Super Rizin, no Japão — Foto: Rizin FF

Diante do empenho do adversário, Mayweather resolveu acertar alguns tiros limpos no segundo round, derrubando Asakura com a mão direita pouco antes de soar o gongo. O árbitro Kenny Bayless deu a Asakura uma chance de se recuperar e provar que estaria bem para continuar, mas com o japonês muito abalado decidiu encerrar a luta.

Fonte:  GE

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas