Carajás Esporte

verde

Marlon Vera revela invasão de sua casa ao voltar de luta no UFC 299

Lutador equatoriano, que foi derrotado por Sean O'Malley no último sábado, encontrou porta arrombada ao retornar de Miami e diz que cofre com relógios foi levado

Não bastasse perder a disputa do cinturão para o campeão Sean O’Malley na luta principal do UFC 299, no último sábado, Marlon Vera descobriu ao voltar para casa que perdeu também alguns bens materiais. O lutador equatoriano revelou nas redes sociais que teve seu lar invadido durante sua estadia em Miami, cidade que sediou o evento.

Em post nos stories do Instagram, Vera publicou foto da porta arrombada com uma mensagem: “O filho da p*** que invadiu minha casa, vou encontrá-lo”. Na sequência, acrescentou: “O contexto é que na noite passada houve um roubo. Invadiram a nossa casa. Apesar de serem coisas materiais, são coisas que foram compradas com muito esforço e trabalho árduo. Mas ei, esse tipo de coisa acontece”.

Na noite desta quarta, Vera deu mais detalhes através do X (antigo Twitter): “Voltei em casa para preencher boletins policiais e tentar recuperar todos meus documentos legais e relógios (que estavam) dentro do cofre que um m*** roubou da minha casa. Primeira parada, consulado italiano, obrigado por cuidar de nós”. O lutador vive em Costa Mesa, na Califórnia, EUA; não ficou claro por que ele teria ido ao consulado da Itália.
Marlon Vera, 31, enfrentou o americano Sean O’Malley no UFC 299 em Miami no último sábado. O cinturão do peso-galo (até 61,2kg) estava em jogo. O’Malley venceu por decisão unânime dos juízes.

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas