Carajás Esporte

verde

BOLSO CHEIO

Gregory Robocop ganha bônus de “Luta da Noite”

Brasileiro vira luta de forma surpreendente após levar joelhada de encontro no início do combate e fatura US$ 50 mil junto com seu adversário, Chidi Njokuani

O susto sofrido por Gregory Robocop no início do co-evento principal do UFC Sandhagen x Song, neste sábado, em Las Vegas (EUA), valeu a pena no fim. O brasileiro levou uma joelhada de encontro que abriu um enorme ferimento no seu rosto e pareceu que Chidi Njokuani conseguiria impor sua trocação, mas Robocop fez valer o apelido e nocauteou o americano no segundo round em confronto eletrizante. Com isso, os dois faturaram o bônus de “Luta da Noite” e levaram US$ 50 mil (cerca de R$ 262 mil) cada um.

Gregory Rodrigues venceu Chidi Njokuani por nocaute técnico a 1min27s do R2 — Foto: Getty Images

Gregory Rodrigues venceu Chidi Njokuani por nocaute técnico a 1min27s do R2 — Foto: Getty Images

 

Já os prêmios de “Performance da Noite” foram para Joe Pyfer e Damon Jackson. O primeiro fez sua estreia no UFC e não tomou conhecimento de Alen Amedovski, conseguindo o nocaute técnico aos 3min55s do primeiro assalto. Jackson, por sua vez, precisou de apenas 69 segundos para liquidar a fatura contra Pat Sabatini, também por nocaute técnico. Eles também embolsaram US$ 50 mil.

UFC Sandhagen x Song
17 de setembro de 2022, em Las Vegas
CARD PRINCIPAL:
Cory Sandhagen venceu Song Yadong por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5min do R4
Gregory Rodrigues venceu Chidi Njokuani por nocaute técnico a 1min27s do R2
Andre Fili venceu Bill Algeo por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Joe Pyfer venceu Alen Amedovski por nocaute técnico aos 3min55s do R1
Rodrigo Zé Colméia venceu Tanner Boser por decisão dividida (30-27, 28-29 e 29-28)
Anthony Hernandez venceu Marc-André Barriault por finalização a 1min53s do R3
CARD PRELIMINAR:

Damon Jackson venceu Pat Sabatini por nocaute técnico a 1min09s do R1
Trevin Giles venceu Louis Cosce por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Loma Lookboonmee venceu Denise Gomes por decisão unânime (triplo 29-28)
Trey Ogden venceu Daniel Zellhuber por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Gillian Robertson venceu Mariya Agapova por finalização aos 2min19s do R2
Javid Basharat venceu Tony Gravely por decisão unânime (triplo 29-28)

Nikolas Motta venceu Cameron VanCamp por nocaute técnico aos 3min49s do R1

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas