Carajás Esporte

verde

passeio

Com placar centenário, Brasil vence Colômbia e lidera grupo na Copa América de Basquete

Seleção tem ótimo aproveitamento da linha dos três pontos e atropela colombianos por 100 a 60 no ginásio Geraldão, em duelo pelo topo da chave

As bolas de três pontos que demoraram a cair na estreia vieram naturalmente para o Brasil neste sábado, contra a Colômbia, pela Copa América de basquete. Dessa forma, a seleção manteve controle do jogo e venceu bem por 100 a 60, demonstrando um ótimo aproveitamento do perímetro – 52,6%, em 20 acertos de 38 tentativas.

O resultado garante a liderança do grupo A, com dois triunfos. Além disso, o placar elástico pode ajudar o Brasil a terminar como primeiro lugar geral – caso vença seu próximo jogo -, o que garantiria vantagem de pegar um adversário mais fraco nas quartas de final.

Yago em ação durante Brasil x Colômbia pela Copa América de Basquete — Foto: Maurício Almeida/Brand/CBB

Yago em ação durante Brasil x Colômbia pela Copa América de Basquete — Foto: Maurício Almeida/Brand/CBB

Yago e Lucas Dias terminaram como cestinhas brasileiros, cada um com 14 pontos. Georginho, com 13, e Lucas Mariano, com 12, também se destacaram. O colombiano Tonny Trocha foi o cestinha do jogo, com 16.

As duas seleções descansam neste domingo e voltam a jogar segunda-feira. O Brasil enfrenta o lanterna do grupo, o Uruguai, às 20h10 (com transmissão do Sportv), enquanto a Colômbia joga contra o Canadá, às 11h.

Primeiro quarto

 

O Brasil teve um início irregular na partida, acertando alguns arremessos, mas também com erros de posse de bola. A Colômbia “gostou do jogo” e chegou a estar vencendo por 22 a 18, mas a seleção ajustou a marcação por zona e cresceu na reta final, principalmente com a entrada de Yago.

A vitória ao final do primeiro quarto por 25 a 22 saiu num arremesso certeiro de Lucas Mariano. E o time teve bom aproveitamento da linha de três pontos – de 50%, com 4 acertos em 8 tentativas, bem melhor do que na partida de estreia.

Segundo quarto

 

A mão certeira dos brasileiros continuou na segunda etapa, com três bolas do perímetro seguidas no começo. O ritmo da seleção só arrefeceu um pouco com a saída de Yago para descansar – Marcelinho Huertas teve dificuldades em armar as jogadas e acertar seu tradicional arremesso “floater” na noite.

Apesar disso, o Brasil não sentiu falta de seu capitão. Principalmente pela ótima noite de Yago, que voltou e dominou o restante do quarto – vencido por 48 a 34, Ainda assim, o Brasil chegou a estar vencendo por 41 a 28.

Terceiro quarto

 

Com jogo sob controle, o técnico brasileiro Gustavo De Conti deu mais descanso a Yago no terceiro quarto. Ainda bem nos arremessos de três (foram sete acertados) e com a Colômbia errando bastante, a seleção manteve-se na frente com boa vantagem.

O time foi para o último quarto vencendo por 75 a 40. E destaque para a estreia de Benite, que ficou de fora das últimas partidas do Brasil por conta de uma inflamação no pé direito.

Quarto quarto

 

No último período, a seleção jogou em ritmo de treino. Os arremessos de três pontos continuaram, titulares e reservas mantiveram o ritmo, e a vitória veio com direito a muita festa no momento em que Cristiano Felício acertou arremesso do perímetro para chegar ao placar centenário de 100 a 60.

Canadá vence Uruguai de virada

 

No jogo entre as equipes do grupo A que estrearam com derrotas, o Canadá venceu o Uruguai, de virada, após entrar no último quarto perdendo por sete pontos de diferença. Jahvon Henry-Blair marcou 23 pontos pelos canadenses e terminou como cestinha, enquanto Joaquin Rodriguez, com 21, foi o maior pontuador do time uruguaio.

Canadá bateu Uruguai na segunda rodada da Copa América de Basquete — Foto: Fiba/Divulgação

Canadá bateu Uruguai na segunda rodada da Copa América de Basquete — Foto: Fiba/Divulgação

Argentinos estreiam com vitória

 

Uma das seleções favoritas ao título, a Argentina estreou com vitória tranquila sobre Ilhas Virgens, por 95 a 62, em jogo pela manhã do grupo B. O armador Laprovittola foi o cestinha, com 18 pontos, e o também armador Facundo Campazzo ficou próximo de um duplo duplo, com 13 pontos e 9 assistências. O ala-pivô Ivan Ask foi o maior pontuador de Ilhas Virgens, com 13.

Argentina, de Facundo Campazzo, vence Ilhas Virgens na estreia da Copa América de Basquete, no Recife — Foto: Fiba/Divulgação

Argentina, de Facundo Campazzo, vence Ilhas Virgens na estreia da Copa América de Basquete, no Recife — Foto: Fiba/Divulgação

Porto Rico bate República Dominicana

 

Outro país que estreou com vitória foi Porto Rico, que bateu a República Dominicana por 88 a 82, também pela manhã, no mesmo grupo B da Argentina. Os porto-riquenhos conseguiram segurar uma reação dos dominicanos no terceiro e quarto quartos, tendo George Conditt como cestinha, com 20 pontos. Andres Feliz, da República Dominicana, foi o maior pontuador do duelo, com 22.

George Conditt comanda vitória de Porto Rico sobre a República Dominicana na Copa América — Foto: Fiba/Divulgação

George Conditt comanda vitória de Porto Rico sobre a República Dominicana na Copa América — Foto: Fiba/Divulgação

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas