Carajás Esporte

verde

de volta

Benite comemora retorno após lesão e ganhará mais minutos pelo Brasil na Copa América

Ala-armador voltou a jogar pela seleção neste sábado, em vitória contra a Colômbia, após perder últimas cinco partidas

Um dos principais jogadores da seleção brasileira de basquete, o ala-armador Vitor Benite estreou na Copa América na segunda rodada, neste sábado, na vitória elástica sobre a Colômbia por 100 x 60, no ginásio Geraldão, no Recife. Foi o retorno do atleta após cinco partidas desfalcando o Brasil por conta de uma inflamação no pé direito.

– Foi muito bom. Estou feliz de voltar e ajudar. Time fez um trabalho incrível (contra a Colômbia) e o mais importante é que a seleção está começando a se sentir à vontade em casa – afirmou Benite.

Benite agradece apoio da torcida em vitória do Brasil sobre a Colômbia — Foto: Maurício Almeida/Brand/CBB

Benite agradece apoio da torcida em vitória do Brasil sobre a Colômbia — Foto: Maurício Almeida/Brand/CBB

Curiosamente, o último jogo do ala-armador pela seleção havia sido também uma vitória sobre a Colômbia, no final de fevereiro, por 119 a 73, pela eliminatória da Copa do Mundo. Naquele dia, Benite foi o cestinha, com 21 pontos.

Neste sábado, ele entrou em quadra no início do terceiro quarto e jogou por 13min55. Acertou dois arremessos de três pontos, pegou dois rebotes e deu três assistências.

– É um jogador que a gente estava tendo bastante cuidado nos treinos porque vem de uma lesão importante, mas ele já estava bem e pronto pra jogar. Foi uma opção minha não colocá-lo (contra o Canadá), pois era um jogo muito físico. Ele treinou poucas vezes cinco contra cinco e quadra inteira – explicou o técnico do Brasil, Gustavo de Conti.

A tendência, pelo o que explicou o treinador, é que Benite volte a ser utilizado por mais tempo. A depender de sua evolução em termos de ritmo de jogo.

– É um jogador que tem características diferentes dos jogadores que a gente tem. É um arremessador nato, mais pra jogar meia quadra, temos muitos pra jogar em transição. E quando o jogo está mais travado, ele pode destravar. Temos algumas jogadas especiais pra ele sair arremessando e destravar o jogo. Vai ser um cara importante e foi bom ele ter jogado pra ir adquirindo ritmo. Tem muito a evoluir nos próximos jogos – acrescentou De Conti.

 

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas