Carajás Esporte

verde

Apesar de derrota, Franca destaca desempenho de garotos da base no time principal

Com elenco bastante desfalcado pela seleção brasileira, sete jovens estiveram em quadra contra Paulistano

Apesar de perder a invencibilidade no Campeonato Paulista ao ser derrotado pelo Paulistano por 69 a 67, nessa quarta-feira, o Franca deixou a quadra aplaudido por sua torcida no Pedrocão, e a comissão técnica exaltou a utilização de boa parte dos jovens da base na partida.

Sem poder contar com Lucas Dias, Lucas Mariano, Georginho, Márcio e Reynan, que estão com a seleção brasileira, além do técnico Helinho, que é assistente de Gustavinho na equipe verde amarela, nove jogadores das categorias de base foram convocados para o time adulto, e sete deles estiveram em quadra.

Os jogadores com mais tempo de quadra foram o pivô Nathan Mariano (29 minutos/sete pontos), o ala-armador Zu Jr. (27 minutos/quatro pontos), o também ala-armador Du Klafke (19 minutos/três pontos) e o ala Nascimento (11 minutos/quatro pontos).

– Não podemos sair daqui com uma mensagem ruim em relação à luta e aos conceitos que tanto prezamos. Estabelecemos um plano de jogo, com mais controle, os meninos entenderam bem isso, deram a batuta aos principais jogadores, mas não perderam a personalidade quando foi preciso – comentou Pablo Costa, auxiliar de Helinho, e responsável por comandar o time nessa quarta.

– Agradeço à torcida, que esteve conosco o tempo todo, em alguns momentos a gente cometeu erros, é normal, mas os meninos suportaram bem, a torcida veio com a gente, vamos enaltecer o entendimento deles – completou Pablo.

O time francano volta a jogar pelo Paulista nesta sexta-feira, às 20h10, contra o Corinthians, no Pedrocão.

Fonte: GE

COMPARTILHE

Recomendado para você

alegria
Autor de dois gols no último jogo, Esli quer “transmitir alegria” quando entra em campo
invicto
Com derrota da Tuna, Paysandu é o único invicto do Campeonato Paraense
FPF
Caeté e Águia repudiam ataque racista contra o atacante Fidelis
Parazão
Júlio foca em “corrigir erros” da Tuna para reverter vantagem do São Francisco no jogo de volta das quartas